Quero digitalizar meu negócio: que tipo de software utilizar?

Quero digitalizar meu negócio: que tipo de software utilizar?

Digitalizar meus negócios: por onde iniciar
Que tipo de software utilizar para digitalizar meus negócios

ERP, Software de CRM, Sistema de Projetos, Base de Conhecimento, Controle de Tempo, Gestão de Atendimentos, Gestão de Contratos… Ufa! são tantos softwares, tantos sistemas, tanto custo por usuário, e agora? O que devo usar?

Se você é empreendedor ou gestor de alguma empresa já deve ter se deparado com esse dilema: em meio a tantas opções, quais sistemas contratar,  como manter os custos equilibrados e ainda, como não burocratizar demais o trabalho das equipes de atendimento.

A verdade é que, cada dia mais as empresas estão focadas em “micro-serviços”, softwares que fazem apenas uma coisa e às vezes nem fazem de forma profunda essa “uma coisa”. É baratinho, só R$ 99,00 por mês, é só R$ 39,90 por usuário. Mas como diz o ditado “de grão em grão é que a galinha enche o papo.

Utilizar uma gama muito variada de sistemas, pode se tornar muito caro. Primeiro pelo custo financeiro puro e simples, segundo porque as equipes envolvidas no uso desses sistema acabam perdendo em produtividade, uma vez que precisa se adaptar e aprender a utilizar vários sistemas ao mesmo tempo, gerando trabalho redobrado.

Na era da transformação digital, a empresa que não digitaliza seus processos fica para trás. Ok! Até aqui concordamos. No entanto, usar várias plataformas, CRM, Projetos, Documentos, Atendimento, entre outras, pode se transformar em uma grande dor de cabeça se você não souber priorizar e escolher as ferramentas mais adequadas ao seu negócio.

Nesse contexto, o ponto central de reflexão é: qual o objetivo ao buscar uma nova ferramenta no mercado? Ou melhor, que tipo de software poderá colaborar efetivamente com o meu negócio?

Segundo um estudo elaborado pela Mckinsey: “os resultados da mais recente pesquisa global sobre ferramentas sugerem que uma nova geração de ferramentas está permitindo que os funcionários colaborem de maneiras aprimoradas e inovadoras”.

Ainda: Os entrevistados dizem que aprimorar a comunicação interna é o ponto que mais beneficiou seus negócios.

A pesquisa apontou que executivos identificaram que a digitalização de processos voltados para o cliente foi que gerou maior benefício para as empresas, diminuindo custos e aumentando a produtividade.

Muitos executivos relatam benefícios significativos ao usar uma nova geração de ferramentas de colaboração em equipe que podem substituir o e-mail como o canal padrão para a comunicação no local de trabalho. 

Segundo dados levantados no estudo, historicamente, as tecnologias testadas em pesquisas anteriores foram usadas com mais frequência com clientes e em processos externos. 

Mas os resultados mais recentes sugerem que ferramentas de colaboração em equipe serão capazes de promover novos níveis de benefícios internos, o que se refletirá em crescimento para a empresa.

Através de uma melhora na comunicação entre os colaboradores, pode haver profundas mudanças na companhia. Embora as ferramentas baseadas em colaboração ainda sejam pouco utilizadas, muitas empresas têm muito a ganhar testando (e usando) essas ferramentas como parte de seus esforços em escalar os seus negócios e melhorar a maneira como seus colaboradores trabalham.

Concentre-se nos recursos focados na nova geração

Para as empresas que querem investir em  ferramentas de colaboração entre funcionários, e melhorar a entrega para os clientes, alguns pontos devem ser considerados:

Primeiro, é importante identificar que soluções oferecem os melhores recursos, complementariedade de funções e módulos em um mesmo software e com um mesmo custo.

Ainda: é importante investir em ferramentas que possibilitem o acesso à informação e pesquisa de dados de forma simplificada e eficaz.

Outro item a ser avaliado é a experiência do usuário: uma experiência de usuário bem projetada e de fácil expansão entre outras áreas é fundamental na hora de investir em uma nova plataforma.

Os sistemas, devem facilitar o acesso dos colaboradores às informações mais relevantes assim que necessário – cada vez mais importante à medida que a quantidade de informações compartilhadas através do sistema aumenta.

Por fim, as empresas precisam cuidar de uma série de projetos, serviços e clientes ao mesmo tempo. Portanto, devem cada vez mais beneficiarem-se dos avanços tecnológicos e dos novos softwares. 

Nesse sentido, ao escolher um novo software para sua empresa, lembre-se: as ferramentas devem facilitar às organizações o acesso a dados que permitam medir a satisfação e nível de retenção dos clientes. Dessa forma, será possível medir o impacto que as novas tecnologias estão causando em seus negócios.

One Reply to “Quero digitalizar meu negócio: que tipo de software utilizar?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *